top of page
Buscar
  • Foto do escritorAlysson Camargo

Os trabalhadores nas fotos animações de Ricardo Kalil


A linguagem fotográfica contemporânea oferece a possibilidade de diálogos interdisciplinares com diversas áreas do conhecimento. Nas fotos animações de Ricardo Kalil, vemos que o artista cria uma sequência que pode ser interpretada como uma fronteira entre a fotografia e a animação.


Nessa fronteira está o movimento do olhar que se desloca junto com as imagens para a direita e a esquerda nas sequências sobre o mesmo tema, porém, com estéticas diferentes. Quais são as possíveis formas de representação? Quais os limites da distância entre a referência real da imagem e a sua representação?


O temas das imagens são os trabalhadores urbanos, que muitas vezes estão alocados em pequenas e grandes obras públicas ou privadas. Nas fotografias animações do artista, penso em como é a experiência desses mesmos trabalhadores vendo suas imagens em museus, galerias e centros culturais.


As fotos de Ricardo Kalil vão além da representação dos trabalhadores, trazendo reflexões sobre para quem é a arte e como ela é experienciada por uma parte da sociedade enquanto a outra continua sendo objeto para sua reprodução, visibilidade e comercialização. É uma reflexão complexa porque entra no campo da identidade: a identificação dessa classe trabalhadora, sua visibilidade para além das funções técnicas e operacionais e a empatia com quem está atrás do uniforme padronizado.


São fotografias animadas que trazem ainda um aspecto de ludicidade para as imagens. É poético olhar a vida em todos os detalhes de forma estética e cultural, afinal, a arte está nos olhos de quem vê e não na propriedade dos objetos em si.


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page